Pilates na terceira idade? Conheça 5 benefícios!

20, fevereiro 2017

Pilates na terceira idade? Conheça 5 benefícios!

Envelhecer é um processo natural, mas ele não deve representar uma diminuição na qualidade de vida. Os idosos podem e devem manter a mente e o corpo saudáveis, e as atividades físicas são grandes aliadas nessa fase da vida.
Proporcionando benefícios físicos, mentais e emocionais, o Pilates na terceira idade é uma das atividades mais indicadas por médicos e profissionais da área. Entre os benefícios para o corpo, por exemplo, há o fortalecimento muscular, aumento da flexibilidade, diminuição de dores nas costas, melhora na postura e mais energia. Uma verdadeira maneira saudável de o idoso se manter ativo!
Quer conhecer melhor os benefícios do Pilates na terceira idade? Continue nos acompanhando!

Origem do Pilates

Criado na Alemanha, por Joseph Pilates, durante a Primeira Guerra Mundial (1914-1918), o método Pilates teve rapidamente a adesão de bailarinos, que o usavam como um treino complementar. A atividade física ganhou mais adeptos na década de 1990 e, hoje, tem amplo público no Brasil e no mundo.

Pilates na terceira idade

Com a possibilidade de praticá-lo em aparelhos e com exercícios de solo, o Pilates proporciona movimentos variados que fortalecem e alongam músculos, dando firmeza ao corpo, sem prejudicar as articulações.
Esta modalidade é conhecida por priorizar exercícios que protegem a coluna e que buscam o alinhamento e a simetria do corpo, fortalecendo o tronco (“core”) e alongando os músculos.
Podendo ser praticado por todos os grupos, de diversas faixas etárias, ele tem caído no gosto popular: de acordo com o site Meta Pilates, existem cerca de 60 mil estúdios de Pilates em plena atividade no Brasil— e esse número ainda está em crescimento devido à procura pela atividade.

Benefícios do Pilates

1. Aumento da flexibilidade
Um dos fundamentos do Pilates são os alongamentos, que ajudam a melhorar a flexibilidade do corpo. Com a chegada da terceira idade, os tecidos e os músculos ficam mais rígidos, com menor elasticidade e mais propensos a lesões.
Por isso, o Pilates torna-se uma excelente opção para manter os músculos ativos e flexíveis, pois aumentam a circulação sanguínea e interrompem a redução natural da flexibilidade.
2. Equilíbrio e coordenação motora
Os exercícios do Pilates trabalham todos os membros do corpo e, por esse motivo, promovem grande consciência corporal — um dos fatores essenciais para o equilíbrio e a coordenação motora.
Na prática do Pilates, há exercícios unilaterais, bilaterais e alternados que desenvolvem essas duas características tão importantes, ainda mais para a terceira idade.
3. Melhoria na capacidade cardiorrespiratória
Por ter papel fundamental na prática do Pilates, a respiração é muito trabalhada nos exercícios e proporciona uma melhora na capacidade pulmonar dos adeptos.
O método respiratório do Pilates ajuda na oxigenação dos músculos, facilita a estabilização da coluna (melhorando a postura) e a movimentação dos membros, contribuindo para o relaxamento de toda musculatura e diminuição das tensões acumuladas.
4. Fortalecimento muscular
Um dos benefícios da prática do Pilates é o desenvolvimento de uma musculatura mais forte e saudável. Devido aos alongamentos e aos exercícios que exploram todos os membros do corpo, essa atividade fortalece os músculos trabalhados e previne doenças como osteoporose, depressão e diabetes.
5. Melhora da autoestima
Com a possibilidade de ser praticado em grupo, o Pilates, assim como outras atividades físicas, promove mais interação social e combate o estresse, proporcionando maior bem-estar e desenvolvimento da autoestima para os praticantes dessa modalidade.
É verdade que os idosos precisam ter mais cuidados em relação às atividades físicas, mas, com orientação médica e seguindo as recomendações dos instrutores, o Pilates na terceira idade traz esses e muito mais benefícios!
Gostou deste post? Então continue se aprofundando em mais temas recorrentes na vida dos idosos atualmente!

Relacionados

Entenda o custo x benefício de um residencial para idosos

Entenda o custo x benefício de um residencial para idosos

Quando somos crianças, necessitamos de cuidado, atenção e amor, mas chega um momento em que o cenário se modifica. Nós filhos, criados com desvelo e atenção, passamos a cuidar

Porquê confiar quem “Você” mais ama aos cuidados do Aconchego Residencial para Idosos

Porquê confiar quem “Você” mais ama aos cuidados do Aconchego Residencial para Idosos

    Sabemos que o envelhecimento populacional e a expectativa de vida vêm cada vez mais crescendo ao longo dos anos. Há estudos que mostram uma diminuição da taxa de mortalidade

Sons e sorrisos: a importância da musicoterapia para a saúde dos idosos

Sons e sorrisos: a importância da musicoterapia para a saúde dos idosos

Que o número de idosos não para de crescer no Brasil e no mundo, isso já não é novidade. Novas são as dúvidas que surgem, dia após dia, quanto