Como descobrir se a casa de repouso é ideal para o idoso?

30, novembro 2016

Como descobrir se a casa de repouso é ideal para o idoso?

A decisão de procurar por uma casa de repouso é um momento muito importante para uma família. O ideal é que essa mudança seja conversada com o ente querido desde o início e que ele participe na hora da escolha do melhor local: um ambiente que seja acolhedor, limpo e acessível.

Afinal, elas funcionam com o objetivo de oferecer auxílio médico e psicológico, assistência 24h e atividades para que os idosos possam aproveitar cada momento da melhor maneira. Mas se você ainda está com dúvidas, confira nossas dicas e saiba como identificar a melhor casa de repouso:

Cheque a estrutura da casa de repouso

Assim que começar sua pesquisa pela casa de repouso ideal, ligue para os lugares e marque uma visita. Esse é o primeiro passo para você se certificar do atendimento e, principalmente, da estrutura que o ambiente oferece. Verifique, assim que entrar no recinto, a acessibilidade dos espaços físicos.

Quem tem limitações físicas ou motoras, seja total ou parcial, necessita de um amparo a mais, como as barras de segurança e a existência de elevadores e rampas, por exemplo. Também é importante analisar as condições de higiene dos banheiros, quartos, cozinha, área comum, etc.

Se possível, observe o cardápio das refeições e veja se ele tem limitações ou se é variado. Outra dica importante é acompanhar a realização de atividades de lazer, físicas, culturais e terapêuticas do ambiente que estimulam o bem-estar físico e emocional dos idosos. Afinal, locais com poucos afazeres tornam-se ociosos e entediantes.

Saiba quem são os funcionários que compõem a equipe médica

Após averiguar a estrutura, é hora do próximo passo. Se o seu familiar precisa de um acompanhamento mais de perto devido a problemas de saúde, é indispensável que você avalie os profissionais que atuam na casa de repouso.

Certifique-se que a equipe que atua no local conta com a maior quantidade de especialidades possíveis, além de técnicos e auxiliares de enfermagem como, por exemplo, fisioterapeutas, psicólogos, clínicos gerais, terapeutas ocupacionais, nutricionistas, etc.

Procure também checar as qualificações, formações e especializações desses funcionários para saber há quanto tempo trabalham com idosos e se possuem conhecimento teórico e prático para atender e tratar com a terceira idade.

Analise o atendimento do local e os horários de visitação

Antes de terminar sua primeira visita, questione sobre os horários de visitação. Caso eles sejam muito restritos, desconfie. Também repare como você é recebido pela equipe de recepcionistas, mas não se esqueça de avaliar o atendimento dos funcionários com os idosos que já se encontram no local.

Perceber a atmosfera do ambiente é essencial para que você possa confiar em deixar seu ente querido ali. Inclusive, o ideal é que você marque uma segunda visita e que dessa vez leve-o consigo. Assim, ele pode dar sua opinião sobre o ambiente e o atendimento.

Busque a opinião de outras pessoas

Não se limite na busca de informações. Além das dicas acima, procure na internet e presencialmente a opinião de outras pessoas que possuam familiares na casa de repouso que você está interessado. O feedback deles pode ser decisivo na sua escolha. Pergunte se eles estão satisfeitos com o lugar, com o serviço prestado e os cuidados oferecidos. Veja se eles têm queixas e se já houve problemas com algum residente.

Escolher uma casa de repouso exige dedicação e pesquisa. Se você e a sua família ainda não decidiram, não se apresse. Una as sugestões que demos para você ao longo deste texto a um bom planejamento. Esse é um passo essencial para que seu ente querido possa receber todo o cuidado e assistência necessária.

Agora que você já sabe os requisitos básicos para fazer a sua escolha, entre em contato com a gente e saiba como você pode oferecer não apenas uma casa, mas sim um lar cheio de conchego ao seu familiar!

Relacionados

Entenda o custo x benefício de um residencial para idosos

Entenda o custo x benefício de um residencial para idosos

Quando somos crianças, necessitamos de cuidado, atenção e amor, mas chega um momento em que o cenário se modifica. Nós filhos, criados com desvelo e atenção, passamos a cuidar

Porquê confiar quem “Você” mais ama aos cuidados do Aconchego Residencial para Idosos

Porquê confiar quem “Você” mais ama aos cuidados do Aconchego Residencial para Idosos

    Sabemos que o envelhecimento populacional e a expectativa de vida vêm cada vez mais crescendo ao longo dos anos. Há estudos que mostram uma diminuição da taxa de mortalidade

Sons e sorrisos: a importância da musicoterapia para a saúde dos idosos

Sons e sorrisos: a importância da musicoterapia para a saúde dos idosos

Que o número de idosos não para de crescer no Brasil e no mundo, isso já não é novidade. Novas são as dúvidas que surgem, dia após dia, quanto